Infecção pelos Vírus das Hepatites B e C e HIV em Manicures, Pedicures e Podológos em Campo Grande – MS

 

A síndrome da imunodeficiência humana (AIDS) e as hepatites B e C apresentam-se como grandes problemas de saúde pública mundial. Tais doenças são causadas por vírus transmitidos pelas vias parenteral, sexual e vertical. A manipulação de instrumentos perfurocortantes constitui um risco importante de transmissão de agentes infecciosos que veiculam pelo sangue e dessa forma as manicures, pedicures e podólogos estão incluídos no grupo de profissionais vulneráveis à exposição aos vírus da imunodeficiência humana (HIV) e das hepatites B (HBV) e C (HCV). Porém, devido a escassez de estudos com essa população em particular, pouco se sabe acerca da real contribuição dessa atividade profissional na transmissão de infecções. A pesquisa terá o objetivo de estimar a prevalência dos marcadores sorológicos das infecções pelo HIV, HBV e HCV em manicures, pedicures e podólogos que atuam na abrangência do município de Campo Grande – MS, bem como os fatores/comportamentos de risco associados a essas infecções. Buscar-se-á ainda, conhecer a cobertura vacinal contra hepatite B nestes profissionais e a taxa de soroconversão de anti-HBs após aplicação da vacina contra hepatite B. Será realizada entrevista utilizando-se um questionário estruturado e serão coletadas amostras de sangue para realização dos testes sorológicos. Assim, os resultados do presente estudo além de colaborar para a implementação das medidas de prevenção e controle, também contribuirão para maiores esclarecimentos sobre as vias de transmissão dessas doenças, o que significa um grande avanço do conhecimento científico.